Motivação

Se passa pela sua cabeça, mesmo de forma embrionária, o desejo de adotar um filho a primeira coisa que vc deve investigar no seu íntimo, aquele íntimo que as vezes nem vc mesmo vai por que tem medo dele, é: qual a sua motivação?

Isso deve estar devidamente esclarecido pra vc mesmo e deve ser um motivo muito bem justificado. Vc irá se deparar com um corpo técnico na Vara da Infância e Juventude que está plenamente apto a perceber se sua motivação não está correta.

Abaixo cito alguns motivos que nos foram narrados (e as respostas que eu daria pra essas pessoas). São todos reais contados por psicólogos, assistentes sociais e mesmo pela juíza durante nosso processo de preparação.

– Motivo: Eu sou muito sozinha e quero um filho pra me fazer companhia

(Resposta que eu daria: Tente fazer as pazes com sua família, arranjar uns amigos, pintar esse cabelo)

– Motivo: Já tentamos de tudo e não conseguimos engravidar. Acreditamos que ter um adotivo pode facilitar isso

(Resposta que eu daria: Legal e quando o biológico chegar o que vc pretende fazer com o adotivo?)

– Motivo: Nosso filho morreu e temos tudo dele guardado em nossa casa.

(Resposta que eu daria: Sinto muito pela sua perda, mas seu filho não pode ser substituído. Vc pode ter outro filho, mas não o que já se foi)

– Motivo: Eu e minha mulher temos brigado muito e acreditamos que um filho pode unir nossas vidas novamente

(Resposta que eu daria: Terapia sai mais barato e tem mais chances de dar certo)

– Tenho muito boa condição financeira e estou doente. Não tenho para quem deixar esse dinheiro e gostaria de adotar uma criança pra deixar pra ele

(Resposta que eu daria: Que parte vc não entendeu que a criança precisa de uma família? Ela já foi deixada uma vez e dai vc adota ela e morre?)

– Achamos esse gesto muito bonito e gostamos de ajudar o próximo

(Resposta que eu daria: Tenho uma boa lista de instituições de caridade pra te indicar. Isso aqui NÃO é caridade)

– Gostaria de adotar uma criança de uns 9 anos porque meu filho tem 12 anos e é cadeirante. Queremos alguém pra fazer companhia pra ele, empurrar a cadeira quando precisar…

(Resposta que eu daria: Vc tem 5 segundos pra sumir daqui)

Só tem um motivo válido pra querer adotar uma criança. É o desejo de ter uma família. De ser pai, mãe e ter um filho. Aquela família da música do Titãs que tem amor, briga, conquistas, sofrimentos, união, perrengues. Precisa ter o desejo real de se dedicar inteiramente a esse filho e mudar sua vida e quem vc é em função disso.

Portanto, se vc tem a mínima dúvida sobre o desejo ou sua real motivação NÃO siga em frente até estar seguro sobre isso. Fica a dica!

P.S – Se vc deseja ter um filho biológico, sugiro que também investigue suas motivações. Incluindo que ter um filho por pressão social, por medo de envelhecer sozinho (ou ter alguém pra cuidar de vc na velhice) ou porque deseja passar seu DNA pra frente, deixando sua marca na humanidade (como se fosse um monarca) também não são motivações válidas. Ao menos na minha opinião.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s